Maggots Motherfuckers ↓

Translate/Tradutor

Visualizações do blog:

5 de abr de 2012

Pare e pense: como um Maggot curte outras bandas?

Olá Maggots, tudo bem? Como recentemente não tem surgido muitas notícias relevantes do Slipknot, então dessa vez resolvi fazer uma breve análise sobre como nós, Maggots curtimos outras bandas, já que hoje em dia existe o paradigma de que os metaleiros curtem apenas rock, metal e todo tipo de som pesado. Juntos, iremos desmistificar isso, provando que somos seres normais, apenas mais insanos. Entenderam, não é?

Gostaria de começar essa reflexão usando como exemplo, uma situação real que aconteçe de vez em quando comigo: o fato de "largar" um pouco o Knot e ouvir mais outras bandas, como está ocorrendo comigo essa semana. Estou viciado pra caralho em Metallica, Coheed And Cambria, Avenged Sevenfold, 30 Seconds to Mars e Guns 'N Roses. É algo estranho, pos de uma hora para outra, sem mais nem menos, de uma forma totalmente repentina, "abandonamos" a nossa raíz para curtirmos outras coisas. Eu, particularmente de vez em quando preciso disso, dessa coisa de sair do comum, de ouvir outro tipo de som, outra voz, enfim... mudar o disco. Faz bem e é saudável se aventurar de vez em quando. Porém, a questão principal da postagem é: como nós, Maggots, conseguimos curtir outras bandas, já que o Slipknot está tão grudado em nossas mentes e corpos? (Escrevi isso ao som de 'Like breathing in sulfur', de Sulfur)

E é justamente essa a questão que eu procuro responder aqui, nesse post.

Pessoalmente falando, acho que isso depende do gosto, da preferência de cada um. Por exemplo, tem gente que não gosta do incomum, não gosta de "sair da casinha", isto é, curte sempre a mesma coisa, a mesma música, a mesma banda e com o passar do tempo, isso acaba ficando massante. As vezes preciso tomar um fôlego pra retomar as forças. Por outro lado, existem pessoas como eu, que de vez em quando tem uma certa necessidade de deixar o favorito, o preferível de lado, deixar no esquecimento por um certo período para ouvir outro tipo de som, dentro do metal, claro. Ou fora dele, mas isso não quer dizer que vou sair por aí ouvindo Restart, funk ou pagode... isso não seria uma retomada de forças, seria um suicídio músical.

"Como um Maggot curte outras bandas?" é uma questão muito complexa, mas como eu já disse, depende muito de cada um, varia de uma pessoa pra outra, a preferência de cada um pelo som é que é a base para respondermos à essa questão. No geral, não sei muito bem onde quero chegar, contudo acho que é interessante que os não-metaleiros saibam que nós rockeiros, metaleiros também curtimos outro tipo de som. Um bom exemplo disso sou eu mesmo, que sou fanático por Slipknot, tanto que tenho o 'Domínio Maggot', que muita gente julga ser foda e o melhor, mas que nessa espécie de 'fuga' da música comum e rotineira, ouve Hollywood Undead que é uma banda que mistura música eletrônica, um tipo de rap, hip hop, sei lá (mas não aquela coisa de negão, de falar de putaria) e põe no meio um certo sentimento, uma certa melodia. Quem ficou curioso, procure pela internet Hollywood Undead - Hear Me Now.

É dificil de explicar, mas na minha opinião o conteúdo da música tem que se relacionar com a nossa situação atual, ou seja: tem que de certa forma "retratar" o momento atual de nossa vida. Explicarei melhor. Por exemplo, quando estou com raiva, furioso ou então estou naqueles dias sombrios, escuto Slipknot pra caralho, pois a música caótica e agressiva dele se identifica comigo, se encaixa no que eu estou sentindo naquele momento, porém não significa que toda vez que eu escute Knot eu esteja morrendo de ódio, a ponto de matar alguém, porque se fosse o caso, eu já teria inaugurado uma dúzia de cemitérios. Também posso citar, que adoro ouvir 30 Seconds To Mars e Coheed and Cambria naqueles meus dias mais sentimentais, mais emotivos, pois a música deles é mais "positiva", retrata mais sobre as melhores emoções, é um troço mais amoroso, estão entendendo? Agora, acho que Metallica e Guns são perfeitos pra quando eu estou afim de apenas curtir a música e mexer suavemente a cabeça, é aquele tipo de música que te faz viajar, principalmente durante a manhã. É um troço mais rock, mais clássico, sabem? Até por serem bandas mais antigas, costumo ouvi-las quando estou no 0x0, sem nada de bom e nada de ruim pra expressar naquilo que estou ouvindo, é relativo. Além do lado pessoal da questão toda, acho também tem a questão "música", porque tipo, as vezes ouvimos a música toda por um solo apenas, por um grito, ou algum momento/elemento que nos agrade ao extremo, ao ponto de ouvirmos a música toda. É o caso de The Memory Remains, do Metallica: eu ouço a música toda só por aquele "lárárárálálálá" no final. Sei lá, é um troço nada a ver mais que eu curti pra cacete. Mas no geral, acho que o pensamento é esse.

Apenas gostaria de finalizar a postagem dizendo que independentemente de ser Maggot ou não, de curtir Slipknot, Metallica, Guns ou não, o que importa é ouvir a música, o som que te satisfaça, que agrade aos teus ouvidos. Mas não me venha com funk ou pagode porque isso nem música é, não é digno de ser classificado como música, está mais para "desmúsica" ou merda se preferir. Merda fica melhor pro funk. :)
E por favor, não me julguem dizendo que não sou Maggot de verdade apenas porque curto 30 Seconds To Mars, afinal que fã de Slipknot não possui o seu pecado? Além disso, o som do 30STM me satisfaz, me completa naqueles meus diazinhos mais tristonhos, sabem? Espero que sejam racionais, e não ignorantes.

Mas enfim, espero que tenham entendido e curtido o meu raciocínio e que todo esse texto acima tenha feito algum sentido para vocês. stay maggots & metaleiros!

15 comentários:

  1. Admito, sim, é meio chato ficar ouvindo slipknot, todo dia, toda noite. Enjoa, e nossa solução é partir para outra banda.
    Antes de conheçer slipknot, minha banda favorita era lordi ( se nunca ouviu procure: Lordi - Blood red sandman), e é sempre meu refugio quando estou meio enjoada do slip.
    Metallica, iron, epica, ecliptyka, matanza, tequila baby, megadeth, anthrax,arch enemy, gorgoroth, emperor, amon amarth, ac/dc, black sabbath, Korn, slayer e entre varias outras estão incluidas..
    Então, eu, maggot, não ouço apenas slipknot, e sei como curtir outras bandas (:

    ResponderExcluir
  2. Disse absolutamente tudo, Andressa. Mas concordamos que apesar do Slipknot ser a melhor banda do planeta, também enjoa. Infelizmente tanto eles como nós somos meros mortais.

    ResponderExcluir
  3. Isso é verdade, escutamos as músicas conforme o seu estado emocional, e as vezes até partimos para um outro ritmo, que no meu caso é a música mais céltica/mística - Loreena McKennitt ou apenas instrumental, que mesmo sem palavras, mostra tudo o que você está sentindo.
    E acabamos curtindo outros sons também pelo fator Slipknot, pois ao ler sobre eles, você conhece os músicas que inspiraram o Knot, ou que eles gostam e você vai atrás para conhecer também.

    ResponderExcluir
  4. sim, eu entendi e curti sim! ficou muito bacana esse meio de raciocínio, se parar pra pensar é mesmo, nem sempre agente fica direto no knot, temos que variar um pouco, eu faço isso sempre, costumo a escutar alem do slip, black sabbath,deep purple,led zeppelin,ozzy osbourne,dio,iron maiden,avenged sevenfold,system of a down,korn,marlin manson. escuto várias outras. tambem com o momento, na alegria escuto músicas para curtir,músicas agitadas,como sulfur,all hope is gone, gematria (the killing name),psychosocial etc... na calma escuto afterlife do AX7 que é mais um momento de compreenção da musica, você para, analisa a música, os sons das guitarras, a voz e tudo mais, tambem escuto purity,wait and bleed,snuff,vermilion part 1 e 2 etc... na raiva, ai eu escuto muito peso mesmo, tipo black sabbath ou até cannibal corpse, sao momentos muitos insanos e bravos para minha cabeça aguentar, por isso escuto todo esse peso para me encaixar no ser, para estabilizar meu corpo, mente e alma. todas musicas pra mim, servem para algum momento, alguma ocasião, ou até, para lembrar uma pessoa, a musica sempre nos ajuda, por isso confio nela firmamente para qualquer hora.

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo totalmente, é saudável se aventurar um pouco e sair de sua zona de conforto, além do que nos faz apreciar o trabalho da banda ainda mais e com outros olhos.

    ResponderExcluir
  6. É Laura, também tem gente que se interessa em ouvir as influências dos caras do Knot, bem pensado.

    Porra Alan, fez uma lista cara?! Gente doida o.o

    Isso mesmo Hianne, "zona de conforto", foi esse o termo que eu procurei a postagem toda, mas não achei, mas não irei roubar o seu. Droga!

    ResponderExcluir
  7. BOM tipo isso acontece muito comigo as vezes eu to querendo escutar alguma coisa diferente de SLIPKNOT ,TIPO KORN,METALLICA,30STM,TOKIO HOTEL ,STONE SOUR ,A7X, ente outros.. MAS E CLARO QUE EU NAO DEIXO DE OUVIR SLIPKNOT :-).

    ResponderExcluir
  8. BOM tipo isso acontece muito comigo as vezes eu to querendo escutar alguma coisa diferente de SLIPKNOT ,TIPO KORN,METALLICA,30STM,TOKIO HOTEL ,STONE SOUR ,A7X, ente outros.. MAS E CLARO QUE EU NAO DEIXO DE OUVIR SLIPKNOT :-).

    ResponderExcluir
  9. vc é um emo do caralho...avenged sevenfold é uma bosta de banda do caralho...

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post Will, concordo em tudo que foi escrito por você. Não tenho muito a dizer pois o Slipknot não é mais a minha banda preferida, mas ainda assim, no meu tempo de viciado eu sempre procurava variar do Hard Rock dos anos 60/70 até os Thrash animal dos anos 80.

    ResponderExcluir
  11. Emo do caralho é você seu puto! Vai dar o cu que passa, arrombado!


    Obrigado Nikki, sem querer me gabar, mas realmente o post ficou muito bom, mas um Hard Rock é sempre bem vindo, com certeza.

    ResponderExcluir
  12. ¢SUNDERED_GARULIAN¢ tentando pagar de True fodão chingando o Avenged... porra, aonde esse mundo foi parar?...

    Só porque o pessoal andou chingando Avenged(banda que não curto muito, mas respeito e até escuto as vezes, por que não?), de poser, emo, viado, demônio e etc, os menininhos filhos duma putinha entraram na onda e agora ficam pagando de fodalhões, true Black-Metallers from Hell agredindo seus fãs... tomá no cú. Mesmo que não seja a minha banda preferida, reconheço que os membros do Avenged são caras muito criativos e talentosos no que fazem, não é atoa que eles estão onde estão...

    TROLL ARROMBADO. '-'

    ResponderExcluir
  13. issoa ai não existe generos, nem regras, existe musica boa e musica ruin, e a mais pura arte, q pra min é o slipknot !!!!

    ResponderExcluir
  14. ouço Slipknot, mais não 24h por dia, impossível viver ouvindo uma banda só.. mais enfim, ouço Sepultura, Anthrax, Slayer, Megadeth, Metallica, Ozzy Osbourne, Iron Maiden, AC/DC, Motörhead, Led Zeppelin, Lordi, Stone Sour, System of a Down e por aí vai..

    ResponderExcluir
  15. Grupo de maggots no whats... deixe seu número que adc!!! ^^

    ResponderExcluir

Digite o seu comentário sobre a postagem acima e em seguida clique em "Publicar". #Palavrões são liberados.