Maggots Motherfuckers ↓

Translate/Tradutor

Visualizações do blog:

15 de mar de 2012

Shawn Crahan lancará livro!


M. Shawn Crahan, o percussionista e vocal de apoio do Slipknot, será apresentado este ano pelo festival de música Southwest em Austin, Texas, esta semana onde lançará seu livro chamado "A Jornada do Pesadelo Apocalíptico" (que nome, hein? o.o) que será comemorada com uma festa da imprensa local, que ocorrerá hoje, dia 15 de Março, às 19h.

Nesse mesmo dia, Clown estará participando de um painel de discussão que chama "Vendo Vermelhos: Estética e Visuais de Metal", com Al Jourgensen e Mike Williams, de Eyehategod. O evento será realizado na sala 11AB doAustin Convention Center, das 14:45 às 15:45. Em seguida, as 19h ele estará no Jr., 603 Red River Street para a a sua festa de imprensa, além de uma sessão de perguntas em seu livro.
Algumas dessas questões podem ser vistas abaixo:

O que fotógrafos e artes visuais o inspiraram?
Clown: "O fotógrafo americano Joel-Peter Witkin é a minha maior influência na vida artística. Ele é o ser-todo-extremidade-todo de tudo, espero tornar-se na fotografia. Eu tenho que estudar os mestres do reino antes de eu chegar a esse nível. Os pintores impressionistas também deixaram uma marca indelével no meu trabalho, bem como os estilos surrealistas e pós-impressionista. Eu amo Henri de Toulouse-Lautrec e Cézanne e Gauguin, todos os mestres da pintura. Mas Joel-Peter Witkin é o fim de tudo ser tudo na fotografia. Eu nunca iria copiar Joel, mas eu desejo a confiança para poder criar o inédito de visões dentro de minha alma e não se preocupar com o risco de a sociedade ou a retaliação cultural. Ele cria as mais terríveis, insanas, quase hediondo, às vezes, sexual, imagens humanas do grotesco. Eu nunca faria isso para o fator de choque só para a exploração da minha mente, de alguma forma fazer sanidade tangível, na fronteira com a borda. Eu estou pensando em fazer arte concreta, levando-o de meu cérebro e ter você segurá-la em suas mãos.  E é isso que A "Jornada do Pesadelo Apocalíptico" é, você está segurando a minha visão. Isso é tão perto de Deus, como eu venho. É a mesma coisa com o Slipknot, quando estamos no palco é uma igreja. É preciso dois para fazer uma igreja, mas temos nove. É a minha religião."


Descreva a sua musa:
"Estamos todos tentando entender o mito da vida. Desmascarando o mito é o entendimento de que a verdade está sempre na frente de você. Ambos os meus pares e mentores que me ensinaram desde a música à fotografia, tem tudo acordado um dos meus atributos mais importantes na arte é que eu sei como fazer. Eu não gasto muito tempo para tentar saber se algo pode ser melhor, eu me entrego e sei imediatamente que, se eu estou feliz com um pedaço é assim que vai ficar para sempre. A verdade é que na frente de você, e você tem uma decisão certa e uma decisão errada de fazer em todos os momentos. Estar em uma escola católica por 12 anos eu tenho lutado com minhas próprias perguntas com a mortalidade e morrer. Eu não tenho um sentimento mórbido de fascínio ou até mesmo pensar que a morte é algo que eu deveria estudar, mas é em tudo que faço, porque "a morte é mais uma prova de Deus." Eu estou mais em contato com o meu relógio, minha própria morte do que eu ser um deus. Eu não sou religioso, mas sou espiritual e bastante escuro, portanto, esse é o título de meu livro: A Jornada dos Pesadelos Apocalípticos."

Muito bacana, eu não sabia desse lado artístico e poético do Clown :)
Espero que tenham curtido a novidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Digite o seu comentário sobre a postagem acima e em seguida clique em "Publicar". #Palavrões são liberados.