Maggots Motherfuckers ↓

Translate/Tradutor

Visualizações do blog:

14 de jan de 2012

Corey Taylor em entrevista para a Faster Louder


Em uma recente entrevista para a Faster Louder, Corey falou sobre a morte de Paul, o Soundwave Festival e um possível cd novo do Stone Sour. A entrevista completa ainda não foi publicada, então por enquanto confira alguns trechos:

Sobre Paul Gray: "Já faz mais de um ano, e eu estou falando um pouco mais sobre isso aos poucos. Claro que ainda é difícil falar sobre o assunto. Mas descobri que, quanto mais eu falo, mais fácil fica pra lidar com isso. A lição mais valiosa que tirei disso tudo foi de nunca subestimar nada. Paul era uma daquelas pessoas que realmente vivia, com toda a intensidade. Ele lutava contra seus demônios mas não deixava que isso dominasse sua personalidade. Se você o conhecesse naquela hora, não acreditaria que ele estava passando por aquilo. Ele era uma pessoa muito doce, e por isso eu esquecia as vezes que ele estava lutando com aquilo, o que o fazia parecer indestrutível pra mim. Então quando ele morreu, aquilo me destruiu pra falar a verdade. Foi difícil, e ainda é, mas me ensinou que você tem que dar valor para todos os momentos, todos os dias."

Futuro do Slipknot sem Paul: "Está mudado, com certeza. Mas é uma mudança sutil. O estilo e o som de Paul são tão distintos que demorei pra me acostumar a não ouvir mais aquilo. E acho que ainda não me acostumei completamente."

Soundwave Festival: "Quando toquei na edição desse ano com o Stone Sour, vi meus amigos do Sevendust, do 36 Crazyfists e todas essas bandas que eu não via há algum tempo. Foi maravilhoso, me divertido muito e é isso que compensa no final."

Novo álbum do Slipknot: "Sabe, eu nem penso em fazer um outro álbum agora, não estou nessa fase ainda. Vamos fazer um set legal, mas faz mais sentido pra mim trabalhar com a banda agora e não sair correndo pra um estúdio pelas razões erradas."

Novo álbum do Stone Sour: “Eu estou compondo sem parar. A idéia é muito boa e se tudo sair como planejado, vai ser o melhor da nossa carreira. Tem influências de bandas como Alice in Chains e coisas antigas como Megadeth e Anthrax, com algumas passagens acústicas bem legais. Vai ser algo muito bem trabalhado e estamos animados. O álbum é basicamente a história de um homem que está tentando descobrir… é quase uma crise de meia idade de certa forma.”


Confesso que foi uma entrevista interessante do Corey, porém quando perguntado sobre o futuro do Slipknot, ele não disse nada de que já não soubéssemos, é a forma como eu vejo. Mas pelo menos as coisas no Stone Sour estão fluindo. stay!

Um comentário:

Digite o seu comentário sobre a postagem acima e em seguida clique em "Publicar". #Palavrões são liberados.